Peça pelo Ifood

Praticando sustentabilidade: Locavorismo

Praticando sustentabilidade: Compostagem
28 de janeiro de 2019
Funcional ou fit?
22 de fevereiro de 2019
Show all

Praticando sustentabilidade: Locavorismo

Já escutou por aí a palavra locavorismo?  Nem ideia do que se trata? Pois a gente vai te contar e já deixar o convite para você também aderir a mais essa prática sustentável que vem ganhando cada vez mais espaço na cabeça e nos hábitos de quem ta preocupado com os rumos do nosso planetinha. O locavorismo, que também pode ser chamado de consumo local, consiste em priorizar o consumo de alimentos produzidos próximo ao lugar onde estamos. Ou seja, dar preferência aos alimentos provenientes dos produtores locais e não àqueles produtos do supermercado que, na maior parte das vezes, viajaram muitos quilômetros para chegar até nós.

O locavorismo, além de ser uma prática consciente e sustentável, ainda favorece nossa saúde, pois os produtos locais, em regra, provêm de pequenos produtores que utilizam menos adubos químicos em suas plantações. Além disso, a prática do locavorismo é menos prejudicial ao meio ambiente, pois promove a diminuição da emissão de gases poluentes liberados no transporte das cargas. Como se já não tivéssemos listado razões suficientes para lhe convencer sobre os benefícios dessa prática, vale ressaltar que o locavorismo estimula e fortalece a economia local.

Ficou a fim de aderir a essa prática? As feirinhas agroecológicas são uma ótima pedida para começar. Aqui em Fortaleza, a gente sabe que todas as manhãs de sábado tem uma feirinha dessas na Praça das Flores. Mas é só ficar ligado que sempre tem feirinha acontecendo em muitos outros lugares. Você pode comprar alimentos nestes locais ou diretamente do produtor nas áreas rurais.
O locavorismo é uma tendência mundial: grandes chefs de cozinha estão adotando essa prática em seus restaurantes. Aqui no Cora, a gente tem uma horta própria onde colhemos boa parte das frutas, folhas e legumes utilizados em nossa cozinha e o restante de nossa demanda vem dos nossos fornecedores locais.

Gostou? Compartilhe com os amigos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *